fbpx Conheça alguns itens e procedimentos de segurança que podem ajudar na hora de uma emergência com seu veículo - Instituto Combustível Legal
Motor

Conheça alguns itens e procedimentos de segurança que podem ajudar na hora de uma emergência com seu veículo

Publicado em 28/10/2022 por Marcellus Leitão

Segurança é fundamental. Principalmente na mobilidade. Seja de avião, de navio, de carro, ou até mesmo de bicicleta, os cuidados e procedimentos de segurança devem ser prioridade sempre. Como ao entrar em um barco, você deve conferir se há salva-vidas, em um carro, a primeira coisa a se fazer é atar o cinto. Guarde uma coisa: os procedimentos que visam à segurança devem ser aplicados para tudo, durante toda a sua vida. E no mundo dos automóveis, tão importante quanto a manutenção preventiva é andar com ferramentas e acessórios que podem salvar em situações de emergência.

Esteja sempre preparado para imprevistos

Seja no trajeto para o trabalho, viagem, ou um passeio sem grandes pretensões, ninguém gosta de interromper seu caminho por causa de um enguiço. Nos carros, deixar de prever certos contratempos, como um pneu furado, por exemplo, pode significar ficar parado em um local com pouca segurança, ou com chances de causar um acidente, criando uma situação de risco.

Sendo assim, atenção aos pneus do veículo, sem esquecer, obviamente, de verificar o estepe. É muito importante que ele esteja em boas condições e, principalmente, calibrado, caso contrário, te deixará na mão no momento em que mais precisar. Sempre que for calibrar os pneus do seu carro, aproveite para fazer o mesmo com a roda sobressalente. Cheque o manual para saber a pressão ideal para calibragem. No caso do estepe, você pode colocar quatro libras a mais de pressão para garantir que fique cheio por um período maior de tempo. Os bicos, onde ficam as válvulas, também devem ser checados para saber se não estão ressecados.

Sair da situação de emergência é fundamental

Mas se o seu pneu furou, acrescente agilidade ao problema levando no carro um reparador de pneu, que nada mais é do que um spray selante. Há várias marcas no mercado. Essa tecnologia enche o pneu e sela o furo com um composto líquido. Isso pode evitar situações desagradáveis durante a noite, ou na chuva. Vale a informação de que pneus em bom estado raramente furam.

Se a opção for colocar o estepe, quem tem carro grande sabe a importância de um bom macaco. Prefira os hidráulicos, que simplificam a troca. Nos carros leves, os macacos originais dão conta do recado, mas, se preferir um hidráulico para até duas toneladas, ele reduz o esforço ao levantar o veículo. Nesses casos, uma boa dica é levar também um toco de madeira para servir de base para o macaco para estabilizá-lo melhor. E aqui vai uma dica de ouro: para soltar parafusos engripados da roda, um spray lubrificante (existem diferentes marcas no mercado) pode ajudar. Por último, não esqueça de utilizar o triângulo de sinalização e ligar o pisca-alerta.

Afinal, ainda é necessário o extintor de incêndio?

Você pode ter visto extintores de incêndio em carros mais antigos. Hoje, eles não são mais obrigatórios porque a tecnologia dos automóveis modernos oferece recursos no projeto, como válvulas inerciais, que fecham o duto de combustível em caso de acidentes. Os carros novos muito raramente pegam fogo. Devido a isso, o extintor não é mais item que precisa ter a bordo (pelo menos nos veículos mais modernos).

No passado, os órgãos de trânsito exigiam um kit de primeiros socorros. Se você se sentir mais seguro, leve contigo alguns apetrechos, como antissépticos, ou materiais para fazer curativos, mas não esqueça de uma coisa realmente fundamental: uma tesoura. Prefira as tesourinhas infantis, com pontas arredondadas. Essa ferramenta pode ajudar no momento de liberar alguém do cinto de segurança depois de um acidente. Em capotagens, elas são muito úteis.

Recursos para pane elétrica

No caso das panes elétricas, alguns equipamentos podem ajudar. Se o problema for a bateria, possuir alguns acessórios já velhos conhecidos, como o cabo de chupeta, ajuda a desenguiçar o seu carro. Contudo, caso não tenha outro veículo próximo, um outro equipamento portátil pode ser de grande utilidade: são os auxiliares de partidas. Explicando melhor, trata-se uma bateria portátil que é acoplada à bateria do veículo para dar partida ao motor. Ela também é útil para carregar com energia outros equipamentos eletrônicos, como celulares e computadores. Mas lembre-se: é melhor verificar sempre a saúde da bateria do seu veículo, que costuma durar, em média, dois anos.

Atenção à pane seca

Ficar sem combustível é possível, mas com alguma atenção, você não precisará de um galão reserva. A exceção fica para trajetos rurais, com pouca certeza de postos de abastecimento. Mesmo assim, caso tenha sofrido pane seca, para não causar acidentes, sempre é importante sinalizar a parada do veículo. Para isso, o triângulo de segurança, item obrigatório, deve entrar em ação novamente.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o primeiro passo é ligar o pisca-alerta. Na sequência, colocar o triângulo a, pelo menos, 30 metros de distância, o equivalente a 30 passos largos dados a partir da traseira do veículo, que, de preferência, deve estar parado no acostamento (ou, na falta dele, na faixa da direita).

Procure se manter em um local seguro, e longe do fluxo de veículos da via. Nessas horas, é sempre importante ter em mãos os contatos de um serviço de assistência, incluindo o seguro do veículo, no qual é possível solicitar um reboque, ou buscar uma empresa de guincho de confiança. Caso esteja em uma via monitorada por alguma concessionária, descubra o telefone do SAC para solicitar ajuda. Confira aqui algumas dicas caso tenha pane seca.

E nunca é demais lembrar que você deve sempre abastecer o seu veículo em postos de confiança, se possível de marcas conhecidas. Combustível adulterado causa enguiço, além de fortes prejuízos ao seu bolso. Conheça os tipos mais comuns de adulteração e saiba como evitar cair em golpes ao abastecer.

Conheça sua apólice de seguro

E por falar em seguradora, para evitar muitos problemas, leia a apólice de seu seguro. Muitas vezes, ela garante reboque e atendimento de emergência para várias situações. Leve sempre o cartão do segurado, onde pode ter fácil acesso aos canais de atendimento. Parece um detalhe, mas faz toda a diferença. Aliás, a segurança eficiente reside justamente nos detalhes!

Um abraço e até a próxima!

Marcellus Leitão é jornalista especializado em automóveis, já tendo atuado em importantes veículos de imprensa.

Leia também: