fbpx ICL, Ministério Público e Polícia Rodoviária Federal assinam acordo para combate a irregularidades no mercado de combustíveis - Instituto Combustível Legal
Ações

ICL, Ministério Público e Polícia Rodoviária Federal assinam acordo para combate a irregularidades no mercado de combustíveis

Publicado em 10/02/2022 por Alessandra de Paula

Unindo esforços no combate aos crimes no mercado de combustíveis, o Instituto Combustível Legal (ICL) celebrou, na terça-feira (08), importantes parcerias com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Ministério Público Federal. O objetivo é possibilitar o fortalecimento, a cooperação e a integração entre as instituições, ampliando a fluidez na comunicação e no compartilhamento de informações importantes. Com isso, pretende-se intensificar as fiscalizações contra os crimes de sonegação e as fraudes de combustíveis, bem como proteger o meio ambiente.

A assinatura dos acordos, realizada na sede do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em Brasília, contou com a presença do Diretor-Geral da PRF, Inspetor Silvinei Vasques; do Corregedor Nacional do CNMP, Marcelo Weitzel Rabello de Souza; e do CEO e dos diretores do ICL, Guilherme Theophilo, Carlo Faccio e Antonio Rocha, respectivamente.

Para o Diretor-Geral Inspetor Vasques, o acordo vem para somar: “A PRF já realiza um trabalho constante de fiscalização do transporte de combustíveis, com grandes apreensões no que tange a fraudes. Esse acordo vem para somar e contribuir no planejamento de operações voltadas para o tema, visando ao combate a fraudes, sonegação e outros crimes”, ressaltou.

Marcelo Weitzel Rabello de Souza apontou que o Ministério Público já está ciente dos problemas no mercado de combustíveis e comemorou a parceria com o ICL: “Foi muito bacana a iniciativa de [o instituto] nos procurar. Já estamos engajados e procuramos auxiliar na resolução. É um trabalho que tem de ser feito em conjunto, porque vocês têm as informações específicas do setor, do país, que podem ser úteis para o direcionamento na área de segurança pública e de combate à criminalidade”, lembrou.

Já o General Theophilo destacou a importância da expertise do ICL: “A assinatura do acordo é um importante passo no combate às fraudes e demais ações ilegais. Estamos desenvolvendo um sistema para auxiliar na identificação de possíveis irregularidades do setor, desde o momento da comercialização até a revenda para o consumidor”, explicou.

Carlo Faccio, diretor do ICL, ressaltou o quão positiva pode ser a integração do instituto com os órgãos de fiscalização, compartilhando informações e, ao mesmo tempo, contribuindo com a sociedade. “É importante essa integração com o ICL e como o instituto pode estar trazendo informações para os diversos órgãos públicos. Ao mesmo tempo, há o nosso interesse em melhorar a sociedade, trazendo sempre mais motivações para um melhor controle fiscalizatório”, destacou o diretor.

LEIA TAMBÉM: