fbpx Diretor do Instituto Combustível Legal alerta para os prejuízos causados pelos crimes de sonegação e fraude - Instituto Combustível Legal
Legislação

Diretor do Instituto Combustível Legal alerta para os prejuízos causados pelos crimes de sonegação e fraude

Publicado em 15/02/2021 por Alessandra de Paula

O Governo Federal quer que os postos de combustíveis passem a mostrar para os consumidores a composição de preços. A proposta é disponibilizar uma placa nos postos mostrando cada taxa cobrada em toda a cadeia de combustíveis.

Com anos de experiência no setor, Carlo Faccio, diretor do Instituto Combustível Legal (ICL), alertou, em entrevista à emissora de TV Band, que na verdade o problema é bem maior: por ano, os maus empresários deixam de pagar R$ 7,2 bilhões em impostos. Além disso, R$ 15 bilhões são perdidos anualmente em fraudes de quantidade e qualidade. Esses crimes acabam afetando os consumidores e os empresários.

“É importante que o consumidor fique muito atento sempre em relação ao tipo de produto que ele está utilizando. O ICL preza para que se tenha uma concorrência leal e essa concorrência abranja benefícios para toda a sociedade”, ressaltou Faccio durante a reportagem. Confira abaixo:

Leia também: