fbpx Esquema envolvendo PCC e doleiro condenado na Lava Jato usava postos de combustíveis para lavar dinheiro - Instituto Combustível Legal
Operações

Esquema envolvendo PCC e doleiro condenado na Lava Jato usava postos de combustíveis para lavar dinheiro

Publicado em 20/01/2021 por Redação

Criminosos usando postos de combustíveis para lavar dinheiro. Essa foi uma das descobertas da Polícia Federal (PF), no âmbito da operação Rei do Crime. Investigações apontam ligações de integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) com o doleiro Raphael Flores Rodriguez, condenado ano passado em uma das ações da Operação Lava Jato em 11 anos e um mês pelos crimes de evasão de divisas e por integrar organização criminosa ao lado do doleiro Alberto Youssef.  

O inquérito conduzido pela PF concluiu que os quatro núcleos investigados movimentaram R$ 32 bilhões em quatro anos e lavaram dinheiro utilizando um esquema articulado com 78 empresas, entre postos de combustíveis, holding (empresa que controla outras empresas), transportadoras e revendedoras de peças para veículos. Saiba mais em: 

https://noticias.uol.com.br/colunas/josmar-jozino/2021/01/18/pf-aponta-elo-de-braco-financeiro-do-pcc-e-doleiro-condenado-na-lava-jato.htm